» 
alemão búlgaro chinês croata dinamarquês eslovaco esloveno espanhol estoniano farsi finlandês francês grego hebraico hindi holandês húngaro indonésio inglês islandês italiano japonês korean letão língua árabe lituano malgaxe norueguês polonês português romeno russo sérvio sueco tailandês tcheco turco vietnamês
alemão búlgaro chinês croata dinamarquês eslovaco esloveno espanhol estoniano farsi finlandês francês grego hebraico hindi holandês húngaro indonésio inglês islandês italiano japonês korean letão língua árabe lituano malgaxe norueguês polonês português romeno russo sérvio sueco tailandês tcheco turco vietnamês

definição - Educação_sexual

definição - Wikipedia

   Publicidade ▼

dicionario analógico

educação sexual (n.)


Wikipedia

Educação sexual

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Educação sexual é o ensino sobre a anatomia e psicologia da reprodução humana e demais aspectos do comportamento que se relacionam ao sexo.

Índice

Abordagem Pedagógica

Possui as seguintes características:

  • Volta-se mais diretamente para o processo ensino-aprendizagem de conteúdos relacionados com a sexualidade;
  • Valoriza o aspecto informativo desse processo, podendo também dar ênfase ao aspecto formativo, onde se propicie a discussão de valores, atitudes e preconceitos; pode ainda considerar a importância da discussão de dúvidas, sentimentos e emoções;
  • Direcciona mais acentuadamente a reformulação de valores, atitudes e preconceitos, bem como todo o ‘processo de libertação’, para o nível individual[1]

Abordagem Religiosa Tradicional

Possui as seguintes características:

  • liga a vivência da sexualidade ao amor de Deus e à submissão às normas religiosas oficiais
  • tem como metas básicas a preservação dos valores morais cristãos e o desenvolvimento da vida espiritual
  • vincula sexo ao amor pelo parceiro, ao casamento e à procriação
  • encara o casamento e a virgindade/castidade como os dois únicos modos de viver a aliança com Deus
  • valoriza a informação de conteúdos específicos da sexualidade (encarando-a, porém, como uma meta secundária)
  • pode estar comprometido com uma educação para o pudor[1]

A preocupação da Abordagem Religiosa é a formação cristã dos indivíduos, sendo que os católicos seguem as orientações oficiais da Igreja e os protestantes (cada denominação a seu modo), a interpretação literal da Bíblia.

Abordagem Religiosa Liberadora

Apresenta as seguintes características:

  • liga a vivência da sexualidade ao amor a Deus e ao próximo
  • tem como metas básicas a conservação dos princípios cristãos fundamentais, o desenvolvimento da vida espiritual e a consciencialização do cristão para a participação na transformação social
  • valoriza a informação de conteúdos, num contexto de debate, para, através da discussão da sexualidade, levar a tomada de consciência da cidadania
  • vê de maneira crítica as normas oficiais da Igreja sobre a sexualidade e procura levar o cristão a ser sujeito de sua sexualidade, com liberdade, consciência e responsabilidade
  • vê a Educação Sexual como um ato político, ou seja, como uma atitude de engajamento com a transformação social [...][1]

Abordagem Política

Possui as seguintes características:

  • orienta para o resgate do género, do erótico e do prazer na vida das pessoas;
  • ajuda a compreender (ou alerta para a importância de se compreender) como as normas sexuais foram construídas socialmente;
  • considera importante o fornecimento das informações e auto-repressão;
  • propicia questionamentos filosóficos e ideológicos (ou mostra a importância desses questionamentos);
  • encara a questão sexual com uma questão ligada diretamente ao contexto social, influenciando e sendo influenciada por este;
  • da ênfase à participação em lutas coletivas para transformações sociais
  • considera importantes as mudanças de valores, atitudes e preconceitos sexuais do indivíduo para o alcance de sua libertação e realização sexual. Porém, isto é encarado como um meio para se chegar a novos valores sexuais, que possibilitem a vivência de uma sexualidade com liberdade e responsabilidade, em nível não apenas do indivíduo, mas da sociedade como um todo[1]

Referências

Notas
  1. a b c d FIGUEIRÓ, Mary Neide Damico. Educação sexual: retomando uma proposta, um desafio. 2. ed. Londrina: UEL, 2001. 183 pag.


Ver também

  1. REDIRECIONAMENTO Predefinição:Educação

   Publicidade ▼

 

todas as traduções do Educação_sexual


Conteùdo de sensagent

  • definição
  • sinónimos
  • antónimos
  • enciclopédia

   Publicidade ▼

Últimas investigações no dicionário :

3205 visitantes em linha

calculado em 0,046s

   Publicidade ▼

   Publicidade ▼